Zonas ameaçadas pelas cheias

Análise/síntese da elevação da maré astronómica
Base topográfica a escala adequada - DGT, CIGeoE, associações de municípios.
Características meteorológicas, hidrológicas e morfológicas - IPMA, I. P., APA, I. P.
  • IPMA
    Informação a disponibilizar
     
  • APA
    Informação a disponibilizar
Carta Geológica de Portugal na escala de 1:50 000 e respetivas notícias explicativas, ou outra cartografia geológica em escala superior, como por exemplo os levantamentos de campo litoestratigráficos na escala de 1:25 000 - LNEG, I. P.
Cartas de zonas inundáveis e cartas de risco de inundações elaboradas no âmbito da Diretiva 2007/60/CE e que foram elemento de suporte dos Planos de Gestão de Riscos de Inundação - APA, I. P. (SNIAmb)
Cota do nível médio do mar (marégrafo de Cascais) - DGT.
Modelos Digitais de Terreno adquiridos com tecnologia LiDAR - Light Detection and Ranging, incluindo informação batimétrica, numa faixa de aproximadamente 1 km de largura ao longo da costa e nos estuários (cerca de 124 500 ha) - DGT, APA, I. P.
Referências bibliográficas das OENR

(12) Soil Conservation Service (1972) — «National engeneering handbook», Section 4, Hydrology, U. S. Department of Agriculture.

(13) Soil Conservation Service (1973) — «A method for estimating volume and rate of runoff in small watersheds», U. S. Department of Agriculture

(14) Temez, J. R. (1978) — «Calculo hidrometeorologico de caudales máximos en pequenas cuencas naturales», Ministerio de Obras Publicas y Urbanismo, Direccion General de Carreteras, Madrid

Registos e referências de cheias, incluindo os constantes do SNIRH, dos Planos Municipais de Emergência de Proteção Civil e os disponibilizados pelos Serviços Municipais de Proteção Civil
Uso do solo, incluindo localização das zonas urbanas e urbanizáveis e de outras áreas ou atividades suscetíveis de impactos com muita valoração - DGT.